logo-horizontal

toolkit de micro acessibilidade

Orla do Paranoá

Acessibilidade IMS

Indivíduo e a Cidade

Em 19 de Junho de 2019, reunião do grupo CONECTICIDADE da Fundação Vanzolini, o Estúdio +1 realizou a apresentação “Microacessibilidade – Análise Integrada de Mobilidade a partir da Escala Humana”.

 

 

leia +

Salvador Resiliente

Foi lançada a Estratégia de Resiliência para cidade de Salvador. Um plano proativo, integrado, colaborativo, flexível, e de longo prazo para abordar os desafios da cidade e das pessoas no convívio urbano.
O Estúdio +1 fez parte desse processo, desenvolvendo o Toolkit de Microacessibilidade e colaborando na consultoria sobre o Fortalecimento da econômia de serviços. Desenvolvido pela Prefeitura de Salvador, o plano teve suporte da Arup, sendo uma iniciativa apoiada pela Rockfeller Foundation.

leia +

Exposição Passagens: Seminário Internacional

No dia 17 de fevereiro de 2017, foi aberta a exposição ‘Passagens – Espaço de Transição para a Cidade do Século XXI’, mostra internacional do Instituto Cidade em Movimento (IVM) / Institut pour La Ville En Mouvement Vedecom que trata das passagens – pequenos espaços da mobilidade como túneis, escadarias, passarelas e pontes, determinantes na qualidade dos deslocamentos a pé pelas metrópoles.

leia +

Projeto Vencedor: ESTÚDIO+1

Reflexão e inovação dos pequenos espaços de mobilidade. Passagens é um programa que visa a realização de estudos de caso, provas piloto, intercâmbios acadêmicos, eventos culturais e ações concretas e inovadoras sobre os espaços de articulação tais como cruzamentos, passarelas, escadarias, vielas, elevadores.

leia +

Concurso São Paulo Áreas 40: vencedores são divulgados em evento na capital paulista

O objetivo do concurso era incentivar arquitetos e engenheiros a pensar em propostas inovadoras para a construção de uma cidade segura, saudável e sustentável a partir de políticas de mobilidade nas quais os modos não motorizados e o transporte coletivo são priorizados.

leia +

Acessibilidade na Prática + Revista Móbile + dez/2018

Com consultoria de acessibilidade do Estúdio +1 e inaugurado em setembro de 2017, o prédio do IMS na Avenida Paulista já recebeu diversos prêmios de Arquitetura. Para as pessoas com mobilidade reduzida, o local é acessado por elevadores. Também existe sinalização direcionada e pisos tátil. Um programa de visitas para pessoas com deficiência física, auditiva e visual está em fase de implantação com o acompanhamento de uma consultoria especializada.

leia +

Conheça os ganhadores do Concurso 3 Estações

O concurso Três Estações teve por objetivo aprimorar a microacessibilidade a pedestres, ciclistas e usuários do transporte coletivo. Iniciativa do USP Cidades e EMBARQ Brasil.

leia +

Perspectivas do Chão: Novos olhares para os concursos de projeto de arquitetura no Brasil

Texto desenvolvido em conjunto com ex-alunos da UNICAMP, participantes do concurso “Casa da Sustentabilidade” (Campinas, 2015). O texto utiliza este concurso como pano de fundo para discussão e crítica sobre os rumos da arquitetura brasileira e sua real representação pelo instrumento dos concursos. Vale ler, ainda, a resposta do arquiteto Hector Vigliecca à ele, sob título de “Sobre os concursos de arquitetura no Brasil e a deprimente ausência de inovação”.

leia +

MOBIFILM – 3º Festival Brasileiro de Filmes

Presença no 3º Festival Brasileiro de filmes sobre Mobilidade e Segurança Viária, que aconteceu nos dias 30/11 e 01/12 de 2018 no Unibes Cultural em São Paulo. Alinhado com o Global Road Safety Film Festival e com a Década Mundial de Segurança no Trânsito da ONU, o MOBIFILM é um Festival de filmes, vídeos, programas de TV, matérias de mídia digital, etc. com o propósito de divulgar a produção audiovisual que retrata os dramas da mobilidade e da violência de trânsito. Com direção de Eduardo Abramovay, contou com a presença de especialistas, ativistas, artistas e cineastas para debater, refletir e propor soluções sobre mobilidade e segurança viária.

leia +

Urbanismo Sustentável e o Paradigma da Resiliência

Dissertação de mestrado defendida na FAU USP em 2017 pelo Arquiteto Urbanista Tiago Brito
O termo “sustentável” e suas variantes passaram por um desgaste nas últimas décadas, formando uma barreira prejudicial à sua aplicação efetiva. A “resiliência”, surge, então, como uma forma de revisitar a questão, através de um conceito oriundo da física, que possibilita conceber uma transposição teórica para a arquitetura e o urbanismo, disciplinas nas quais o tema pode colaborar na formulação de novas ferramentas e conceitos aplicáveis ao planejamento e projeto.

leia +

Maquetes táteis: infográficos tridimensionais para a orientação espacial de deficientes visuais

Iniciação Científica realizada em 2006 pelo Arquiteto Urbanista Luis Fernando Milan

leia +