logo-horizontal
A imagem mostra a implantação completa do projeto de Masterplan. Nela está contida toda a cidade de Brasília, com fundo branco e ruas cinza claro, e o lago Paranoá, no centro pintado de azul, em destaque. Tem destacado também, em vermelho, as áreas no entorno do lago que foram os locais do projeto. A imagem mostra uma perspectiva isométrica ilustrativa de uma das áreas de projeto no entorno da Lagoa. Nesta área, destaca-se um edifício de um pavimento, no formato circular, que tem sua metade na terra e outra metade sobre o lago. O edifício se integra com a margem da lagoa, onde acontecem atividades culturais. A imagem mostra o projeto do parque, buscando representar o cenário real. Nela, existe um deck longo, que começa na margem do lago e avança sobre a água, mostrando as águas, as pessoas tomando sol, descansando no deck e outras nadando. Imagem do projeto do parque, que busca representar o real. Nela existe um edifício metálico laranja, pequeno, com formato que lembra um prisma. Tem como função abrigar sanitários, lojas e lanchonetes e está instalado ao lado de um espaço de descanso ao ar livre, com bastante árvores próximas. A imagem é um mapa de Brasília e seu entorno próximo, onde destacamos a localização do Lago, rios e riachos como também as áreas verdes e as vias mais importantes que as conectam. A imagem é a implantação de um dos trecho do projeto de parque na margem do lago. Foi feita uma montagem com uma foto aérea e destacado, em verde, a área do projeto. Em branco, as intervenções projetuais, como os caminhos, os edifícios de apoio, em formato quadrado, os decks e as marinas, além das massas arbóreas espalhadas pelo parque. A imagem é uma perspectiva isométrica ilustrativa de uma das áreas de projeto no entorno da Lagoa. Nesta área destaca-se a marina com barcos para passeio, espaços para lazer ao ar livre, quadras poliesportivas e áreas de banho com praia acessível. A imagem é um infográfico de matriz com todas as atividades previstas no projeto, divididas nos objetivos de sensibilizar, conviver, contribuir e retornar. Elas se desenvolvem a partir de ações, investimentos e atores para obter resultados como a conscientização ambiental, a preservação da paisagem, a geração de renda, a qualidade de vida e a valorização do cerrado, que é a paisagem predominante da região e do projeto. A imagem do projeto do parque, que busca representar o real, mostra, em primeiro plano, uma pista de ciclismo e caminhada, que passa próxima de uma área de banho, com bancos e bastante ar livre para descanso, além de lazer na grama à beira do lago. Na imagem do projeto do parque, que busca representar o real, se destaca a pista de ciclismo e caminhada, que se transforma num deck e passeio sobre a água, com pessoas descansando e se divertindo, desfrutando da paisagem do cerrado ao ar livre. A imagem é a implantação de um dos trecho do projeto do parque na margem do lago. Foi feita uma montagem com a foto aérea, destacado em verde a área do projeto, que fica próxima ao hospital Sarah Kubitschek. Em branco, as intervenções como caminhos, edifícios de apoio, quadras, pistas de corrida, praia acessível, decks na beira da água, além de espaços para eventos ao ar livre, com arquibancadas. A imagem é uma perspectiva isométrica ilustrativa de uma das áreas de projeto no entorno da Lagoa, na qual destacam-se as quadras próximas a lagoa e também grandes áreas com arquibancadas ao ar livre para sentar e assistir aos jogos. A imagem do projeto do parque, que busca representar o real, destaca um anfiteatro, que compreende uma arquibancada no formato de um círculo para apresentações ao ar livre. A imagem do projeto do parque, que busca representar o real, é uma vista da altura do observador do jardim interno do edifício de atividades culturais, que tem um formato de anel e que fica metade sobre da terra e metade sobre a água. O edifício tem uma cobertura de laje fina apoiada em pilotis e é todo aberto para a paisagem, permitindo a passagem das pessoas por ele. A imagem é a planta do edifício cultural, no formato de um círculo, com um jardim interno bem amplo. Distribuídos ao longo do perímetro circular do edifício, existem salas de aulas, sanitários e as áreas administrativas do parque. A imagem do projeto do parque, que busca representar o real, mostra a vista de uma pista de caminhada, com pessoas correndo, e, ao lado, um objeto de estrutura metálica descoberta, no qual ficam localizadas as informações do parque e os mapas táteis para acessibilidade. A imagem mostra em destaque a estrutura metálica descoberta, pintada de azul, exibindo com mais detalhes as informações e o mapa tátil do parque. Essa estrutura seria distribuída nos pontos de acesso, lugares com equipamentos e ao longo da pista de caminhada principal do parque. A imagem é uma perspectiva isométrica ilustrativa de uma das áreas de projeto no entorno da Lagoa. Nesta área destacam-se as piscinas de raias que ficam submersas na beira do lago, no formato retangular para prática de natação e competições. A imagem mostra a implantação de um dos trecho do projeto do parque na margem do lago, através de uma montagem com uma foto aérea, destacando, em verde, a área do projeto e em branco as pistas de caminhada e corrida, além de diversos decks na beira da lagoa e um edifício em formato circular. A imagem do projeto do parque, que busca representar o real, é uma vista aérea no qual está representada uma longa pista de caminhada e corrida, que avança sobre a água com uma bela vista para o lago e uma paisagem típica do cerrado.

 Masterplan da Orla do Lago Paranoá

5º Colocado

Possibilitar que a Orla do Lago Paranoá se torne um espaço democrático e acessível, abrigando vivências de esporte e lazer em harmonia com o meio ambiente, como prenuncia o edital, é um desafio que não pode desconsiderar os conflitos relativos ao processo de desocupação da orla, bem como o caráter simbólico do lugar, como capital federal e patrimônio cultural. Processo que implica em compatibilizar visões, desejos e necessidades tão diversos quanto as dos abastados residentes das mansões e plano piloto, quanto dos menos afortunados moradores das áreas próximas. Ou seja, depende do sucesso em enfraquecer dicotomias que marcam fortemente a sociedade brasileira e que em Brasília, em especial nas áreas tema deste concurso, mostram-se ainda mais contundentes.
Inspirado pela ideia de construir “comuns” em espaços, paisagens, vivências e usos, toda a proposta é pautada pela busca de conciliação de 4 pares de opostos, ou seja, de possibilitar a coexistência sem alterar a essência, permitindo usar, conviver, desfrutar e apropriar dos espaços da orla do Lago.

+INFORMAÇÕES
Concurso : Master Plan da Orla do Lago Paranoá
Equipe +1 : Ana Maciel + Tiago Brito + Luis Milan
Parceiros : Beatriz Hipólito, Maíra de Camargo Barros, Vanessa Dozono, Vanda Quecini, Ana Luiza Gnaspini.
Promoção: SEGETH
Local : Brasília – DF
Data : 2018