logo-horizontal
Perspectiva ilustrativa do corredor formado entre dois prédios, que formam um grande rasgo inclinado e monumental. A fachada de um dos prédio é em vidro e a do outro em vidro dourado. Observamos uma escada rolante na lateral que leva até o topo de um dos prédios. Perspectiva noturna da vista da aérea da edificação e da praça. A praça tem desenhos com traços retos e alguns canteiros com árvores. Já o prédio parece uma grande pedra ortogonal com cortes transversais, pelos quais vemos a iluminação do prédio surgir. Ao fundo vemos a cidade de belo horizonte. Perspectiva aérea do conjunto proposto para o centro administrativo de Belo Horizonte, na qual vemos dois grandes ponto de intervenção cortados por um rio com avenidas marginais. De um lado temos uma edificação formada por um grande bloco em tons marrons, conectada à áreas verdes, que estão do outro lado lado rio, através de passarelas e viadutos. As praças têm desenho com forma orgânica e muito arborizada. Perspectiva com a vista da praça na frente da edificação proposta, na qual observamos um espaço amplo e aberto com grandes bancos amarelos, nos quais pessoas descansam. No fundo vemos um prédio histórico, algumas árvores e o novo prédio proposto, um grande volume com um rasgo transversal. Corte transversal em desenho técnico que mostra os diversos níveis do novo prédio. São três grandes blocos separados por grandes vãos transversais inclinados. Uma estrutura de pilares verticais une os três blocos. Perspectiva que ilustra a visão de fora para um dos vãos do prédio, de escala monumental. Na imagem vemos três passarelas em sequência, na vertical, que ligam os blocos separados pelo vão. A textura da fachada parece uma teia em tons marrons e a parte interna é toda de vidro.

Centro Administrativo de Belo Horizonte 

No projeto para o Centro Administrativo do Município de Belo Horizonte usou-se o conceito do tradicionalismo surpreendente mineiro. Este povo é conhecido pelo seu apego à tradição. Existe nele uma busca pela essência em tudo e um grande esmero no que faz. O resultado desta combinação é encantador: novidade inesperada, enraizada na tradição. Isto se traduz, por exemplo, na efervescência criativa desta terra, nas artes cênicas, na dança, na música, na culinária.
Na origem de Minas Gerais, buscou-se a inspiração para o edifício que representa o poder executivo municipal de sua capital. A mineração e as minas de ferro surgem no imaginário colorido dos tons de ocre e ferrugem. A cor de Minas, das estradas de terra do interior, das montanhas e das pedras, remete à vitalidade, à energia e ao calor. Recortes nas montanhas de minério trazem a plasticidade de taludes e planos inclinados. A escavação da mina traz a ideia da surpresa e da descoberta. Aludindo a uma formação rochosa, a volumetria evoca, ao mesmo tempo, a essência do lugar que representa e a motivação inicial de sua existência, suas riquezas minerais.

+INFORMAÇÕES
Name : Centro Administrativo Belo Horizonte
Equipe +1 : Ana Maciel + Tiago Brito + Luis Milan
Parceiros : Felipe Lopes de Paula + Izabela Maciel
Promoção : Prefeitura de Belo Horizonte
Local : Belo Horizonte – MG
Data : 2014