logo-horizontal
Perspectiva ilustrativa em 3D dos arredores do terminal Lapa em São Paulo. Na imagem observamos uma grande praça, toda colorida, onde as pessoas circulam e há pontos de vegetação com árvores. Todas as edificações do entorno são brancas e com volumetria simples. Gráfico circular que expõe quatro frentes de análise, sendo elas: sociabilidade, usos e atividades, conforto e imagem e acessos e conexões. Cada frente é ilustrada por desenhos feitos a mão que mostram 4 pessoas sentadas em cadeiras olhando árvores, uma cena de uma feira livre, uma árvore, e um homem observando um carro menor que ele e se questionando. Perspectiva isométrica de um cruzamento viário apresentando as intervenções propostas. São destacadas em azul as ampliações de calçada, em verde novas áreas verdes e em vermelho equipamentos. Com a proposta, podemos observar calçadas mais largas e a circulação de pessoas e carros sem conflitos. Perspectiva isométrica de um cruzamento viário apresentando as intervenções propostas. São destacadas em azul as ampliações de calçada, em verde novas áreas verdes e em amarelo a ciclovia. Com a proposta, podemos observar calçadas mais largas e a circulação de pessoas, bicicletas e carros sem conflitos. Perspectiva ilustrativa de modelo 3D da proposta de parklet comercial. O parklet está situado em uma vaga antes utilizada por carros, ele oferece um banco e banca para venda de mercadorias, sua estrutura é na cor vermelha. As pessoas na imagem estão em situações cotidianas, fazendo compras de rua, caminhando e sentadas. Perspectiva ilustrativa de modelo 3D da proposta para ponto de parada de ônibus. O ponto é composto por uma cobertura e banco instalados na fachada de uma loja. Parede, cobertura e piso estão pintados de azul. As pessoas na imagem estão em situações cotidianas e percebe-se que a circulação de pedestres não possui interferência com o ponto de ônibus. Perspectiva ilustrativa de modelo 3D da proposta de parklet para área de estar. O parklet está situado em uma vaga antes utilizada por carros, ele oferece bancos e floreiras, a cor dos seus elementos é verde e seu piso é de grama artificial. As pessoas na imagem estão em situações cotidianas caminhando e sentadas. Mapa da área de intervenção do projeto. O mapa mostra os rios Tietê e Pinheiros destacados em azul, com uma faixa de suas margens representada por foto aérea. As principais vias estão representadas em amarelo. As vias da áreas de intervenção estão destacadas em vermelhos, elas estão situadas na porção sul do rio Tietê. Mapa das quadras da área de intervenção do projeto. As áreas de intervenção viária estão destacadas em amarelo e se concentram na região próxima ao terminal Lapa. Em verde e vermelho estão destacadas os pontos onde podem ser implantados parklets, que estão distribuídos por todas as quadras. Mapa das edificações da área de intervenção do projeto, mostrando os equipamentos de interesse público, que estão destacados em azul. Sua área de maior concentração é nas proximidades do terminal Lapa, região de comércio popular forte. Mapa dos pontos de ônibus e terminais da área de intervenção do projeto. Os pontos se concentram nas proximidades do terminal Lapa. Mapa síntese das intervenções propostas na área. Destaque para os diversos parklets propostos, pontuados com diversas marcações em forma de gota invertida.

Área 40 da Lapa

A partir de um entendimento da requalificação urbana como processo de transformação e criação de lugares onde antes havia apenas espaços, buscou-se soluções técnicas que identificassem e respondessem aos desejos dos moradores e usuários da Lapa.
Recebendo público tão diverso quanto as funções que desempenha, o grande desafio que se apresenta para Requalificação e Segurança Viária da Área 40 da Lapa é compatibilizar sua condição de eixo de estruturação metropolitana, com a de centralidade polarizadora do comércio e serviços da zona oeste, preservando o espírito e a história do lugar.
Assim, a leitura do lugar identifica, perceptiva e tecnicamente, os potenciais e estratégias para chegar à Lapa do Futuro. O início da transformação é quase um processo educativo, testando e indicando as potencialidades identificadas. A produção de novos espaços públicos, já define as bases sobre as quais o lugar parte para o futuro, uma Lapa tão pulsante quanto a acolhedora, tão metropolitana quanto lapeana.

+INFORMAÇÕES
Name : Área 40 da Lapa
Equipe +1 : Ana Maciel + Tiago Brito + Luis Milan
Parceiros : Ana Paula Felippe + Deborah Sandes + Sarah Nunes + Maíra Sfeir
Promoção : WRI Brasil | Bloomberg
Local : São Paulo – SP
Data : 2016